sábado, 20 de setembro de 2008

Meus Treze anos


Ah! meus treze anos
Que o tempo
Me fez deixar para trás,
E quanto mais o tempo passa
Mais eu lamento
Pois meus treze anos
Nunca mais...

Ah! meus treze anos
Que o tempo ladrão roubou...
Será que levou toda
A minha inocência?
Será que dela
Alguma coisa restou?...

Ah! meus treze anos
Que o tempo não perdoou...
Levaste de fato
A minha inocência
Mas quanta malícia
Ele deixou...

Nenhum comentário:

 
TOPO
©2007 Elke di Barros Por Templates e Acessorios