quinta-feira, 18 de setembro de 2008

Livre como um pássaro


Quero gritar mas me sinto sufocada
Quero rir mas só ensaio caretas
Quero sentir-me livre, em paz
Mas me vejo acorrentada
Invejo quem sabe ser audaz

Eu preciso e quero poder
Sentir-me livre
E pelas montanhas poder correr
Livre como um pássaro
Porém, é como um pássaro engaiolado
Que eu consigo ser

Necessito urgente de aprender
Aprender a sorrir, a amar
Aprender a querer
Aprender a viver
Aprender a sonhar

Como seria bom
Se eu pudesse viver
Se eu pudesse sentir o ar
E num rompante gritar
Eu amo me libertar
Não quero apenas sonhar

o eco se faria
E no mundo ressoaria
Sem precisar ser misteriosa
Com certeza, isto seria vida
Uma vida radiosa...

Nenhum comentário:

 
TOPO
©2007 Elke di Barros Por Templates e Acessorios