quarta-feira, 24 de setembro de 2014

TENHO PEDIDO


Hoje, nem sei o que estou a sentir
Até parece que estou anestesiada
Outra vez perdi o gosto de sorrir
Na verdade, eu estou desmotivada

Quantas vezes pensei já ter morrido
Por não ter certeza dos teus sentimentos
O que me faz sentir assim... Já não vivo
Perdi a minha capacidade de discernimento

Pois eu não sei o que estou sentindo realmente
Já que não tenho vontade para nada mais
Minha alma mergulhou num caos novamente
Perdi tudo que havia conquistado, até minha paz

Não acredito que ainda vá haver alguma razão
Para voltar a sentir o doce sabor da vida
Voltei a fechar, talvez para sempre meu coração
E tudo isso aconteceu por ter amado sem medidas

A mim, só me resta pedir a Deus por ti
E espero que ele me ouça ao menos nisso
Eu ainda nem sei como voltar a fingir
Apenas sei que será o que eu mais preciso

Nenhum comentário:

 
TOPO
©2007 Elke di Barros Por Templates e Acessorios