terça-feira, 23 de setembro de 2014

FÊNIX



Hoje, como a própria fênix estou me sentindo
Tomei meus pedaços e me reformei
Num torpor suave de quem esteve dormindo
Ressurgi das cinzas nas quais me deitei

A felicidade parece explodir dentro do peito
No meu escudo divino resolvi me esconder
Algum momento de tristeza surge não tem jeito
Mas eu logo a dissipo quando penso em você

Amanheceu... Escancarei do meu quarto a janela
Deixei o sol invadir o desalinho do meu quarto
Ele fez-me  sentir do mundo a mulher mais bela
E deixei meu pensamento buscar o meu amado

Bom dia Vida! bom dia sol! bom dia mundo
Hoje eu só quero sorrir... Viver e amar
Desse meu jeito simples, porém profundo
Grito pra vida... Obrigada por  me realizar

Deixando pronta para de braços abertos receber
Os loucos momentos que a vida me tem reservado
Que cada minuto seja preenchido apenas por você
Meu bem querer mais precioso e tão amado...
https://ssl.gstatic.com/ui/v1/icons/mail/images/cleardot.gif


Nenhum comentário:

 
TOPO
©2007 Elke di Barros Por Templates e Acessorios