terça-feira, 23 de setembro de 2014

HOJE POSSO DIZER



Outra vez mais me pego cantando
E sorrio ante essa nova sensação
Desfiz os mistérios que eu ia levando
Pois ocupei de repente o meu coração

Coração que eu trazia sempre vazio
De saudades felizes ou doce emoção
Tinha a alma envolta em eterno frio
Mas chegaste...Roubando meu coração

Nele semeaste paz, doçura e amor
Meu pensamento tornou-se teu escravo
Quando levaste de mim tudo que era dor
Rendi-me a esta tua paixão meu bravo

Hoje posso dizer que a vida tem novo sabor
Pois esta embriagadora sensação que me invade
Reflete todo o encanto que esse teu louco amor
Coroou de maravilhas o meu temor... Minha idade

https://ssl.gstatic.com/ui/v1/icons/mail/images/cleardot.gif

Nenhum comentário:

 
TOPO
©2007 Elke di Barros Por Templates e Acessorios