terça-feira, 23 de setembro de 2014

E ACONTECEU... FOI MÁGICO


A madrugada chegou e me encontrou desarmada
Olho a chuva lá fora que incessante não para de cair
A escuridão existente exerce sobre mim um certo fascínio
Fecho os olhos, ouço o som da chuva e me ponho a refletir
Pode até parecer insensatez, muitos dirão ser loucura
Mas eu lembro de todas as vezes que estive a procura
De algo que me fizesse sentir gigante e de alma pura
Algo que me lembrasse o delicioso sabor de um genuíno sorrir

E aconteceu...Foi mágico! eu diria até que me é inexplicável
Uma sensação de êxtase e arrebatamento sem igual
E olhando sem medo para dentro de mim consigo ver
O que pela vida busquei,e nunca consegui, nem de modo casual
Essa vontade louca de sentir-me plena, talvez realizada
Algo que inconsciente pensei nunca teria a fórmula encontrada
Num desejo incansável de querer o tudo, mas só vinha o nada
E continuei a perseguir o que julgava ser meu momento triunfal

Quanta tolice... Quanto tempo perdido e sem nenhuma razão
Visto que o meu desejo era apenas de encontrar um amor
Demorei pra descobrir o que faltava de fato na minha vida
Um bem maior... Um bem tão simples, uma raridade de flor
E quando eu menos esperei, fui tocada por algo maravilhoso
Algo de semelhança divinal... Pueril e ao mesmo tempo majestoso
De um sublime perfume e aroma sem igual, eu diria até... Gostoso
Algo que mexeu com meus sentidos... Algo realmente encantador!

Eis que falo de algo mais que perfeito... Falo de amor... E de vida
Falo do que me fez encontrar a minha razão ideal de viver
Falo de tudo que sinto e que me mostra ser o complemento
Desse desejo de não apenas existir, pois o que eu pude perceber
É que não vale a pena passar pela vida e não a sentir
Buscar razões e não encontrar que me fizesse sorrir
Pois em toda a minha caminhada o que fiz foi apenas existir
Mas hoje tudo o que eu quero... É viver de modo pleno com você


Nenhum comentário:

 
TOPO
©2007 Elke di Barros Por Templates e Acessorios