terça-feira, 23 de setembro de 2014

SERÁ O TEU AMOR


Eu queria fazer-te versos
Que só de amor falasse
E de sentimentos diversos
Que em meu peito cantasse

Eu queria fazer-te um poema
Que fossem de sussurros de amor
Neles não houvesse dilemas
Nem qualquer sentimento de dor

Eu queria versar aos teus ouvidos
O que já não cabe no meu peito
Eu usaria um linguajar destemido
E seria apenas de amor perfeito

Eu queria em versos te fazer entender
O que sei que tento e não consigo
Que te quero e não [é por simples querer
Talvez seja por isto que ainda prossigo

Prossigo nesse longa caminhada
Desejosa do teu amor desfrutar
Mas receio estar sendo abusada
E não entendas esse jeito de amar

Quisera que o mundo não fosse assim
Muitas pedras a serem ultrapassadas
E esse medo que parece nunca ter fim
De amar feito uma louca e não ser amada

Quisera olhar em volta e apenas descobrir
Que o receio não passe de loucos receios
Que a minha alma sempre a farás sorrir
Pois será o teu amor o meu tudo e não o meio

Que eu feche os olhos maravilhada
E ao abri-los  se faça grande a emoção
Que eu apenas sinta o quanto sou amada
E percebas que somos um só coração

https://ssl.gstatic.com/ui/v1/icons/mail/images/cleardot.gif

Nenhum comentário:

 
TOPO
©2007 Elke di Barros Por Templates e Acessorios