terça-feira, 23 de setembro de 2014

MEU ANJO



Estou a embriagar-me nesse teu amor
Sempre esperando um pouco a mais
Tua voz, teu cheiro me é enlouquecedor
Eu quero o real... Sonhar? já sou incapaz

Me abrigo nesse teu querer tão louco
Lamentando cada instante de saudades
No meu peito eu sufoco um grito rouco
O grito do amor, da paixão, da liberdade

O que fazer com essa espera tão louca
Com esse abraço e beijo que vivo a desejar
Vivo querendo sem fantasias essa tua boca
Boca essa... Para meus desejos saciar

É amor, é ternura é na verdade a paz que espero
É o meu tudo na vida sempre tão desejado
És a minha inspiração e a vontade que mais quero
És por que não dizer... O meu anjo tão amado

Nenhum comentário:

 
TOPO
©2007 Elke di Barros Por Templates e Acessorios