sexta-feira, 23 de janeiro de 2009

Segredo II


Mais uma noite que
Atormenta meu espírito, e
Rindo do meu sofrimento, a
Infeliz saudade
Abraça-me...ainda
Guardo no corpo
Indisfarçáveis marcas de
Loucos toques que
Desperta meu eu
E bem sei desperta
Também teu
Eu...
Orgulho talvez me impede de
Render-me aos teus encantos
Desejo-te e
Ondas de volúpia
Nunca dantes sentida
Inquieta-me
O nosso ontem se confunde
Com o nosso hoje, nos despertando
Para nosso amanhã...

Nenhum comentário:

 
TOPO
©2007 Elke di Barros Por Templates e Acessorios