segunda-feira, 26 de janeiro de 2009

Mundo Irreal


Se o mundo de sonhos tem seus encantamentos,
Também o despertar pode trazer encantos...
Muitos despertam e sorriem
Diante do quadro que os espera,
Já muitos como eu...
Despertam e choram ao ver que o sonho acabou.
O despertar tira a suavidade da felicidade breve
que a ilusão nos proporciona.
A realidade vem amargando,
Vem deslizando como uma serpente traiçoeira.
O sonho muitas vezes bem pouco dura,
As fantasias persistem atormentando-me
E eu mais uma vez mergulho na tristeza,
E flutuo entre doces sonhos
E tristes verdades.
Tenho a mente povoada pelo que nunca foi realidade.
Arrebata-me os sentidos
A ilusão de que nunca deixou de existir
O que na realidade nunca existiu.

Deslumbro-me diante da inusitadas noites de amor
Noites de loucura onde aprisionasses a minha alma,
Acorrentando a minha vida
Ao teu mundo de sonhos e fantasias,
Mundo de encantamentos e doces ilusões.
Mundo só nosso... Mundo onde apenas nós dois
Fazíamos as leis,
Um mundo onde o nosso amor nasceu, cresceu e
Adormeceu... Mas não morreu

Nenhum comentário:

 
TOPO
©2007 Elke di Barros Por Templates e Acessorios