segunda-feira, 26 de janeiro de 2009

Eu queria simplesmente


Eu queria tão somente
ver o tempo parar
Eu queria que o meu mundo
Nunca chegasse a me sufocar

Eu queria
Sem nenhuma agonia
Em louca corrida
Sob uma chuva de alegria
Ver você chegar

Eu queria nuns versos bem simples
Te abraçar ternamente
E sem nenhuma fantasia
Sentir a verdadeira euforia
Em que meu mundo iria mergulhar

Eu queria simplesmente
Ter você somente
Tão somente para mim
Eu queria te sentir lentamente

Eu queria fechar os olhos e poder ver
Descruzar os braços e poder te abraçar
Deitar nos sonhos e poder sonhar
Sonhar que o tempo parou
Que minha vida continuou
Que meu verso não se encantou
E que nada e tudo se transformou

Eu queria poder somente
Dizer calidamente
Que és tudo para mim
E por que não dizer
Que és o meu mundo enfim...

Nenhum comentário:

 
TOPO
©2007 Elke di Barros Por Templates e Acessorios