quinta-feira, 23 de fevereiro de 2012

NOVO HORIZONTE




Eis que há um novo brilho nesse dia
E como este, muitos outros, bem sei virão
Meu peito exulta diante de tanta alegria
Parece até que vai arrebentar meu coração

É tanta beleza sendo por mim descoberta
Que não compreendo como a deixei escapar
E hoje eu sinto que quase nada mais resta
Das agruras que eu fazia questão de guardar

Para tudo na nossa vida existe um tempo
E o meu de felicidades por fim, chegou
Todo meu sofrimento, foi levado pelo vento
Quando tornado em cinzas a brisa o dispersou

Meio século vivido... A maioria em vão
Desperto ávida por viver outra vez
Sem ter em mente nenhum tipo de ilusão
Pois faço questão de caminhar com a sensatez

Nenhum comentário:

 
TOPO
©2007 Elke di Barros Por Templates e Acessorios