segunda-feira, 18 de outubro de 2010

Com Dignidade


Essas lágrimas que insistem em cair
Tem me deixado muito angustiada
Não encontro motivo nenhum pra sorrir
Mesmo que em nada eu seja culpada

Nem sei porque tem de acontecer comigo
Nunca consigo estar realmente em paz
E mesmo em meio as dificuldades prossigo
Só não devo me sentir assim... Incapaz

Estranhamente tudo surge nesse momento
Quando as preocupações mas têm se avolumado
E não sei como lutar contra os acontecimentos
O bom mesmo seria se tudo já tivesse acabado

Não entendo porque as pessoas agem dessa forma
as vezes parecem sentir prazer em perturbar
Os princípios éticos deveriam ser normas
Onde todos pudessem uns aos outros respeitar

Talvez não houvesse tantos constrangimentos
Quando cada um cumprisse com sua obrigação
Nos poupando assim de fartos aborrecimentos
Encontrando uma forma digna de chamar a atenção

Nenhum comentário:

 
TOPO
©2007 Elke di Barros Por Templates e Acessorios