quarta-feira, 25 de agosto de 2010

Múltiplas Recordações


As vezes sinto que nem sempre o que faço
Consegue dar alguma alegria para mim
Mas quando me lembro de uns certos abraços
Essas lembranças trazem grandes alegrias ,sim

E se me perco em vivas e múltiplas recordações
Principalmente quando estas ainda me fazem vibrar
Sinto em êxtase total todas as minhas emoções
E vou transmitindo cada sensação através do olhar

E um arrepio crescente e quase que enlouquecedor
Vai aquecendo a minha alma já desvairada de paixão
E a cada novo momento lembrado desse intenso amor
Vou sentindo o palpitar do desejo em meu coração

E sinto uma vez mais, a lascívia dos teus toques
Me possuindo por inteiro e sem nenhum pudor
Mas eu lembro que a tua sedução foi muito torpe
Pois te foste de mim enquanto murmuravas juras de amor

E agora, desgraçadamente para meu grande consolo
Lembrar-te é tudo o que nessa vida ainda me resta
E não me importa se tenho meu maior sonho quase morto
Pois eu ainda vejo o refletir da esperança pela fresta

Nenhum comentário:

 
TOPO
©2007 Elke di Barros Por Templates e Acessorios