sexta-feira, 26 de novembro de 2010

Sem Nada Entender


Eu queria uma vez mais escrever
E expor tudo o que sempre na alma guardei
E deixar meu pensamento buscar você
E lhe encontrar como tantas vezes encontrei

Deixar minha alma sangrando de dor
Ao lembrar tudo o que vivemos a dois
Reviver cada momento desse amor
E no tudo que deixamos pra depois

Mas estranhamente hoje eu não consegui
Olhar pra trás e você como sempre encontrar
Pensar em tudo que um dia eu vivi
E sem culpa poder outra vez com você sonhar

Mas é estranho em tudo isso voltar a pensar
Pois hoje parece que essa história nem foi comigo
E por mais que eu tente não consigo relembrar
E já não busco o que tanto me foi proibido

E fico a pensar no que farei para ainda escrever
Se, sem você, eu não mais conseguir me inspirar
Pois tudo o que eu sempre procurei em você
Foi conseguir outra vez mais poder lhe amar

E sem querer me sinto nesse momento perdida
Pois já não consigo pensar como antes em você
Receio que toda essa história por nós vivida
Hoje termina sem que eu consiga algo entender

Nenhum comentário:

 
TOPO
©2007 Elke di Barros Por Templates e Acessorios