terça-feira, 23 de novembro de 2010

Finalmente


Essa está sendo uma nova fase em minha vida
Não encontro sentido no passado para escrever
Tudo me parece distante, sinto-a morta, perdida
Se dissolvendo no ar, essa minha história com você

No passado foi um sonho que o meu presente
Em pesadelo um dia sem razão transformou
Mas para o meu futuro eu vejo finalmente
Que esse novo horizonte friamente o sepultou

A saudade talvez ainda seja um resquício distante
De uma história que no tempo o próprio tempo
Achou por bem fazer-me esquecer de cada instante
E as lembranças se foram como folhas soltas ao vento

Já não terei as madrugadas por minha companheira
E nem as suas lembranças por consolo ou tormento
E nem mesmo a solidão por amiga e escudeira
Acho que aqui terminam minhas agonias e sofrimentos

E quase nem acredito no que está a me acontecer
Já não consigo encontrá-lo nas lembranças saudosas
E também descobri finalmente que nesse momento você
Faz parte de uma história morta que me foi dolorosa

Um comentário:

AnGinha disse...

Como sempre: Perfeita!