quinta-feira, 1 de março de 2012

Te Esperando


Que barulho será esse
Que insiste em me perturbar?
É o som dos meus pensamentos
Que eu não quero escutar...

Que sensação será essa
Que insiste em me visitar?
É a minha alma que de alegria
Não consegue silenciar...

Que brisa insistente será essa
Que insiste em me acariciar?
É você que minha pele arrepia
Te esperando só para amar...

Um comentário:

Ma Ferreira disse...

Singelo teu poema,,,,


Um beijo...