segunda-feira, 12 de março de 2012

APENAS ILUSÃO




Receio que nosso romance virtual esteja no fim...
Me tens todos os dia por inteiro,
Mas não chegas por completo até mim
As vezes nem te sinto companheiro

Me queres com loucura e até com paixão
E esse teu amor que me tens declarado
As vezes pressinto que seja apenas ilusão
Desse meu coração que já foi tão castigado

Podes até me querer... Mas como poderei ter certeza
Se este teu amor não será apenas uma fuga ou deslize
De algum momento onde o inevitável da vida, a beleza
Em teu caminho já não brilhe... Como antes não persiste

Talvez olhando para trás possas vislumbrar
O que ainda possa te encher de prazer
E sozinha eu ainda continuarei a buscar
Qualquer coisa que me faça te esquecer

Não posso permitir em mim tanta loucura
Acredite... Será bem melhor assim
Foi bom enquanto durou tanta ternura
Mas creio que será melhor que haja um fim

Pensando bem... Não creio que seja possível de fato
Tanto amor entre dois seres que nem se conhece
Não me tomes por arredia, nem meu amor por ingrato
Apenas esqueçamos os fios que o destino tece

E verás que fora de mim voltará o brilho
Que um dia por mim possa ter sido ofuscado
Só quero que seja feliz, já meu coração andarilho
Jamais esquecerá que virtualmente o tive nos braços

Foi amor a primeira palavra... A primeira mensagem
Nem imaginas quanto bem ao meu mundo fizeste
Por ti adornei-me com uma nova e sensual roupagem
E hoje encerro nesses versos todo amor que tu me deste

Nenhum comentário:

 
TOPO
©2007 Elke di Barros Por Templates e Acessorios