domingo, 19 de outubro de 2008

À Pequena Agnes



Hoje ao retornar para minha casa
Encontrei parada no estacionamento
Uma linda menina que é uma brasa
Falo da minha vizinha de apartamento

Agnes, é assim o nome dela
Parece uma linda bonequinha
É super sapeca e tagarela
Essa filha da minha vizinha

Muito esperta como determina a idade
Acho lindo quando começa a conversar
Ela mostra ter forte personalidade
Isto se percebe só ao ouvi-la falar

Ela lembra muito a minha Kelsinha
Quando também tinha essa idade
Eu queria muito que ela fosse minha
Para eu alimentar a sua vaidade

Agnes quão formosa é essa pequenina
As vezes me lembra uma história
Quando fico a olhar essa menina
Revivo mometos de grandes vitórias

E será sempre bela e muito graciosa
E isso ainda durante muitos anos
Essa criança que é muito prodigiosa
Até que o tempo lhe roube os encantos

Encantos que a mãe natureza
Deixará o tempo ladrão roubar
Já não haverá da criança a beleza
A adolescência ocupará esse lugar

E percorrendo essa estrada longa da vida
Essa linda criança vai um dia despertar
Se transformando numa adolescente querida
Que aos pais com certeza muito irá alegrar

E temos por certo nunca irá se lembrar
Das grandes peraltices da sua tenra idade
Mas com certeza os pais irão registrar
Esses momentos de magia e felicidades

Nenhum comentário:

 
TOPO
©2007 Elke di Barros Por Templates e Acessorios