sexta-feira, 24 de outubro de 2008

Para Bellinha


Mas que olhar faceiro
Que vive a me observar
Seu jeito tranquilo e matreiro
Que fácil consegue me fascinar
E uma espontânea tranquilidade
Que flui do seu lindo olhar
Em cada gesto demonstra vivacidade
E sempre consegue a todos conquistar
Deitada simplesmente
Ou mesmo a dormir
Com gestos lindos e dolentes
Revela uma beleza, que igual
Nem sei se tem por aí...
Faz parte das nossas vidas
Esse pequenino ser
Ela nos é muito querida
Ela é verdadeiramente
O nosso bem querer.

Nenhum comentário:

 
TOPO
©2007 Elke di Barros Por Templates e Acessorios