terça-feira, 21 de outubro de 2008

Meu Amanhã


Pensando em tudo que essa vida já me deu
E dos presentes que ela mesma me tomou
Tenho por certo que alguém já mereceu
Tudo aquilo que de mim nunca ganhou

E as vezes quando na vida vou pensando
Percebo que ainda há muito por eu ganhar
Mas eu sempre de todos estou desconfiando
Para não ter que por algo sempre renunciar

Mas nesse momento porém, eu sinto
Que para mim já não haverá surpresas
Falo sem medo de errar,juro não minto
Descobri que na vida ainda existe beleza

Talvez por ter da vida recebido
Amizades que eu sequer nunca pensei
Eu as tive por certo como algo proibido
Hoje percebo que por outros muito errei

Mas agora, nesse momento afinal
Onde tudo me parece bem tranquilo
Ainda pensar assim seria irracional
Pois não existem amigos proibidos

E hoje sinto-me leve e tranquila sim
Se no ontem perdi por inexperiência
O hoje que me abraça apaga de mim
Um passado frio,cheio de desistências

Mas para o meu amanhã que se anuncia
Tão cheio sonhos perfeitos e radiantes
Para esse meu futuro a vida prenuncia
Momentos que serão bem contagiantes

E repetirei sempre a cada novo dia
A noite se foi levando todos os temores
Para o meu hoje só quero muitas alegrias
E para o meu futuro quem sabe... amores




Nenhum comentário:

 
TOPO
©2007 Elke di Barros Por Templates e Acessorios