terça-feira, 11 de novembro de 2014

SOMOS NECESSÁRIOS


Bom dia amigo sol! receoso de se mostrar?
Não minha amiga, apenas quero te ver alegre
Já que não me aprecias muito já pude reparar
Vai caminhar tranquila deixa que eu aqui te espere
Ao menos por hoje te pouparei do meu aquecer
Mas após o banho vai à janela e vem me observar
Deixe eu mostrar as maravilhas que faço por você
Primeiramente olha a natureza a sorrir e cantar
Escuta os pássaros que gorjeiam pra teu prazer
A brisa que sopra a tua pele nunca calidamente
E como me torno belo quanto nasço ou vou morrer
Deixando o teu espírito repousar placidamente
Eu sei que no teu íntimo compreendes o meu existir
Pois tanto a chuva como eu, existir é imprescindível
Embora eu saiba da tua preferência torno a insistir
Que se um de nós faltasse para a vida seria horrível
Somos necessários para todos,e isto sem exceção
Também não achas essencial teu apego a VIDA?
Somos obra de Deus... Sua maravilha e criação
Em resumo, sei que também me aprecias minha amiga

Nenhum comentário:

 
TOPO
©2007 Elke di Barros Por Templates e Acessorios