quinta-feira, 3 de fevereiro de 2011

Por Serem Sonhos


Foram muitas as vezes que pensei em voltar
E aceitar finalmente o que a vida me impôs
Mas o tudo que consegui, foi rejeitar
À espera do que pudesse surgir depois

E em sombras perdidas eu então me refugiei
Na inútil tentativa de conseguir não lembrar
Dos meus obscuros desejos que sempre guardei
Para apenas com você, um dia os saciar

Mas nunca consegui de fato realizar
Esses meus sonhos sempre tão carentes
Mas eram sonhos tão puros e fáceis de sonhar
Mas por serem sonhos, não foram permanentes

E assim, dessa forma fui sempre buscando
O que eu tanto um dia pensei em viver
E em todos os momentos fui esperando
Realizar estes meus sonhos com você

Nenhum comentário:

 
TOPO
©2007 Elke di Barros Por Templates e Acessorios