segunda-feira, 14 de fevereiro de 2011

Outras Noites Virão


O atravessar dessa noite, foi sem dúvida
angustiante...
Fantasmas do meu passado
Pareciam surgir das sombras...
Foram momentos que oscilaram
Entre a saudade e a aflição
Dessa ausência tão cruel e mesquinha.

Nunca mais pude mergulhar
Nesse lago escuro e profundo
Do teu negro olhar...
Quantos sonhos esquecidos
Na imensidão desse teu olhar
As vezes tão serenos, e em outras
Lascivo e perturbador.

A penumbra que paira sobre o meu quarto
Deixa escapar sombras que tomam formas
Diante da minha ansiedade de você...
Sons lúbricos me envolvem com intensidade
Me fazendo transpirar
De desejos insaciados...
Essa foi mais uma noite
Onde pude senti-lo em meus braços
Como tantas vezes aconteceu no passado

Nunca mais tive paz...
Esta se perdeu
Levada por uma alma
Que comigo partilhou...
Sonhos, emoções e também ansiedades.
Eu sei que outras noites virão
Onde poderei viver com minhas fantasias
Toda a grandeza desse sentimento
Que tantas vezes nos arrebatou
Quase nos asfixiando de prazer...

Nenhum comentário:

 
TOPO
©2007 Elke di Barros Por Templates e Acessorios