terça-feira, 14 de setembro de 2010

Rumos Diferentes


Eu só queria ouvir você dizer
O que posso fazer para não mais lembrar
Os momentos que um dia tive com você
E com os quais até hoje vivo a sonhar

Eu só queria ouvir de você
Que partilhas também da minha dor
E que se pudesses tudo faria para viver
Outra vez comigo essa história de amor

Mas o tempo desfez nossos caminhos
E o destino foi mais além, se interpôs
E nos vimos tragados pelos redemoinhos
E assim perdemos de nós o nosso depois

Mas eu sei que na inquietude do teu eu
Um grito calado também se fez ouvir
Talvez seja o roçar do teu corpo sobre o meu
E das grandes sensações que conseguias sentir

Hoje por caminhos e rumos tão diferentes
Ainda cruzamos nossos pensamentos com razão
Pois é muito forte o que guarda nossas mentes
E tudo quanto segredamos no teu e no meu coração

E assim viveremos sempre em mundos desiguais
Mas com os mesmos desejos sempre latentes
Pois temos vidas diferentes mas almas iguais
O que confunde o pensamento de muita gente

Nenhum comentário:

 
TOPO
©2007 Elke di Barros Por Templates e Acessorios