terça-feira, 21 de setembro de 2010

Deixei De Ser Criança


Houve uma época que eu me vestia de cores
Vivendo feliz com as minhas fantasias
Da vida experimentava os mais puros sabores
E as mais fantásticas das primárias alegrias

Mas o tempo foi então passando
E então eu vi o inevitável acontecer
Eu me descobri na vida pensando
E o meu dia a dia mudou, pude ver

Eu comecei a ter atitudes diferentes
Tudo me parecia sério ou intrigante
Já não havia espaço para ser negligente
Esse mundo eu logo achei desconfortante

Aos poucos conheci a palavra dificuldade
Confiança logo me ensinaram o que era
E estranhamente percebi que esta realidade
Estava ligada ao aumento das minhas primaveras

Então era isso... Eu havia deixado de ser criança
E novas atitudes eu tinha então que aprender
Precisava demonstrar um pouco mais de confiança
Pois agora eu teria uma nova forma para viver

Nenhum comentário:

 
TOPO
©2007 Elke di Barros Por Templates e Acessorios