terça-feira, 21 de setembro de 2010

Esse Meu Mundo


Esse meu mundo de fantasias
Que pela minha solidão foi criado
Nem sempre me traz alegrias
Mas serve para o que foi destinado

E esse meu mundo, nem sempre de encantos
Que se traduz em amor e bem mais ilusões
Muitas vezes serve para esconder meus prantos
E sufocar na realidades as minhas emoções

Essa minha criação, tão minha e tão singular
Que preenche de sonhos a minha dura realidade
Tem me ensinado que mais importante que amar
É poder esconder todas as minhas verdades

E nesse tão louco e paradoxal mundo
Trago para a minha vida uma outra realidade
Pois eu vivo de um modo muito profundo
Tudo aquilo que dista das minhas verdades

Bendito seja esse meu mundo de sonhos e ilusões
Que criei apenas para o meu alento e prazer
É um mundo repleto de vívidas sensações
Que um dia eu pude viver só com você...

Nenhum comentário:

 
TOPO
©2007 Elke di Barros Por Templates e Acessorios