segunda-feira, 13 de setembro de 2010

Privacidade


Há quem divida senhas de e-mail e também de orkut
Talvez para sentir uma certa segurança, mas digo porém
Que isto é simplesmente uma grande e tola atitude
Por algo que talvez queiras dar,mas que também não tens

A isto muitas vezes querem dar o nome de amor
Mas creiam, isto é apenas invasão de privacidade
Tentando assim evitar talvez uma possível dor
Temendo quem sabe uma outra indesejada realidade

A verdadeira e tão desejada cumplicidade
Tenha por certo que a dividimos com nossa alma meu bem
Pois a senha só se dá às lembranças e aos pensamentos
Pois só nele é que nós confiamos e em mais ninguém

Pois bem escondido dentro do teu coração
Onde o acesso a ninguém mais é permitido
Sonhas e brincas num jogo de perigosa sedução
Onde só em teus pensamentos nada é proibido

Aí encontrarás o verdadeiro amor da tua vida
Onde tudo será somado e nunca, nada se divide
E será nas tuas lembranças mais atrevidas
Que perceberás que só aí a cumplicidade existe

É muita tolice querer manipular sentimentos
Pois os verdadeiros só a alma os tem
Nela sim, há um verdadeiro comprometimento
E a mais perfeita privacidade também

Nenhum comentário:

 
TOPO
©2007 Elke di Barros Por Templates e Acessorios