sexta-feira, 19 de março de 2010

Um Minuto De Lembranças


Viver tanto tempo para quê?
Para ver as desgraças acontecendo,
Ou para lembrar mesmo sem querer
Que a minha alma continua morrendo?

Olhando para trás também pude perceber
Que o tempo se vai e a tristeza fica
E foi pelo tempo, que tive levado, você
E que até hoje para mim, nada explica

E hoje me sinto estranhamente aflita
Busco razões mas não as vou encontrando
Mas sei que são os desgostos dessa vida
Que ao longo dos anos foram se acumulando

E basta apenas um minuto de lembranças
E percebo o quanto tenho sido sozinha
Desesperada busco refúgio, como criança
Mas descubro que essa solidão é só minha

Então mais uma vez eu me pergunto
De que servem tantos anos vividos
Se a minha dor é indiferente ao mundo
E em meio a tudo nada mais faz sentido

Nenhum comentário:

 
TOPO
©2007 Elke di Barros Por Templates e Acessorios