quarta-feira, 3 de março de 2010

Foste Com Certeza


Quantas vezes com a minha vida entediada
Atormentada pelos sonhos e também pela dor
Era quando eu me via mais sofrida e agoniada
Chorando inconsolável a perda desse meu amor

E como gotas de orvalho ficava o meu rosto
Sempre em lágrimas, mas era com toda razão
Pois haviam me tirado da vida todo o gosto
Todo o amor que um dia existiu em meu coração

E para meu consolo, nas minhas noites tristes
Nas longas horas de insônia e infinita solidão
Pude perceber que tanta dor ao tempo só resiste
Quem não consegue matar de vez qualquer ilusão

E sempre perdida entre os meus pensamentos
Senti que não importava mesmo a minha dor
Pois foram nos meus maiores sofrimentos
Que pude avaliar a extensão desse meu amor

E não importa se não consegui me fazer entender
Pois muito maior foi sempre a minha certeza
De que eu nunca olvidaria esse meu bem querer
Pois do meu coração foi a minha maior riqueza

E quem sabe,talvez ainda compreendas algum dia
Que nunca vai importar o que foi ou deixou de ser
Pois foste com certeza a minha maior alegria
Mesmo tendo sido também a maior dor do meu viver

Nenhum comentário:

 
TOPO
©2007 Elke di Barros Por Templates e Acessorios