terça-feira, 8 de maio de 2012

AGORA VOCÊ ... VIDA!




Os anos foram passando, amargos, cheios de dor
E houve ocasiões em que pensei que ia enlouquecer
Foi  quando o destino de repente na minha vida colocou
Uma pessoa que iria mudar completamente o meu viver

Foram poucas semanas onde eu conheci sem contestar
Tudo o que é necessário na vida de uma mulher
O pai, o amigo, e por fim o amante, para me mostrar
Que tudo é possível quando realmente ainda se quer

Foste como um pai, presente que eu poderia querer,
O amigo de todas as horas que eu podia contar
Depois tive  nos braços o amante imaginário, você
Que foi capaz de meus sentimentos despertar...

Foste o homem completo que um dia na minha vida surgiu
E confesso que por mais que eu tentasse não conseguia entender
Que eras o bem mais caro e precioso que um dia sentiu
Todo o drama que eu não conseguia me livrar, só mesmo esconder

E me mostraste com tua experiência e sabedoria
Que eu ainda poderia  sentir pela vida amor e prazer
E na tua voz encontrei refúgio e bem mais alegria
Nas tuas mensagens o prazer pelo simples querer...

Mas te foste de mim... Assim como chegaste
Mas deixaste um grande aprendizado em minha vida
Por amor te aceitei e com amor me transformaste
E infeliz ou não, me livrei das tristezas e me fiz atrevida

E foi assim que na minha vida essa vida um dia chegou
Me transformando eu agora sei, para o melhor, ainda bem
De saudades ainda sinto o meu peito doer, é que acabou
Mas aqui encerrei o meu quinhão de dor e de prazer também

Um comentário:

C. Dorothy disse...

Não é que não te veja...
vejo-te sempre... e cada
vez que te vejo...cresce
o delirio...a volúpia...
Cada vez que te vejo,
cresce o desejo que
enternece o cio!!!...DC
"AGORA VOCÊ...POETA" LINDO !!!

BEIJOS GILSINHA

 
TOPO
©2007 Elke di Barros Por Templates e Acessorios