terça-feira, 29 de março de 2011

Nosso Amor Não Teve Fim


Eu sempre penso no que você me confessou
Quando eu lhe perguntei da sua mulher e de a trair
E foi sem nenhum constrangimento que você me afirmou
"Só a você eu sinto que traio..." E continuou num frenesi

"...Estar com você jamais me fará sentir um infiel
Mas quando estou com ela é só em você que eu penso
Me sinto mal,pois a você estou traindo,então sorvo o fel
E vou percebendo o quanto o meu amor por você é imenso

"...Eu sei que nunca deixarás de ser importante para mim,
Muito embora estejamos assim, dessa forma... Separados,
A nossa história no tempo parou, mas nosso amor nunca terá fim
Mesmo que continuemos desse jeito, cada um para o seu lado".

E são lembranças como essas que vez por outra elas me vêm
Para torturar-me, pois julgo que minhas esperanças são perdidas
Mas me consola só em saber que nesse mundo não existe ninguém
Que possa dizer que mais do que eu tenha sido tão amada e querida

Nenhum comentário:

 
TOPO
©2007 Elke di Barros Por Templates e Acessorios