quarta-feira, 27 de julho de 2011

Faltou Você


Uma prisioneira infeliz e desgraçada
É tão somente isso o que sou realmente
A melhor parte de mim, tive destroçada
Agora já posso encarar tudo friamente

A princípio achei que havia algo errado
NO meu modo de pensar e também de agir
Eu parecia viver num mundo encantado
Talvez porque eu nunca vivi,apenas existi

Querer ser livre e correr como criança
Poder sonhar sem medo de qualquer pesadelo
Deixar-me envolver pelas minhas esperanças
E nenhum momento ruim eu chegasse a vivê-los

Mas a minha existência foi sempre de enganos
Acreditei...Pensando que era também amada
Ent;ao percebi ser melhor esquecer meus arcanos
Pois na minha vida nunca teria uma linda alvorada

E hoje, ao olhar para o meu ontem percebo
Que fui apenas umamarionete do destino
E é sem receios que eu até me atrevo
Que fiz do meu existir um grande desatino

E um dia quem sabe eu até possa entender
O que nunca aceitei por uma forte razão
Faltou algo especial pra mim, faltou você
Que preencheria esse vazio do meu coração

Nenhum comentário:

 
TOPO
©2007 Elke di Barros Por Templates e Acessorios