terça-feira, 12 de abril de 2011

Novamente Você


Mais uma vez estou aqui... Perdida
Pensando em nossa história de amor
E numa atitude meramente primitiva
Deixo espargir o que em mim restou

Eu queria ser como a garça que voa tranquila
Sem ter a certeza de onde irá descansar
Mas meus pensamentos qualquer ideia aniquila
E assim continuo pela vida afora a lhe buscar

E essa noite é mais uma como tantas outras,onde eu
Me desespero na inútil tentativa de o encontrar
Para amá-lo e poder sentir todos os toques seus
Os quais tantas vezes fez-me em seus braços delirar

Quisera fechar os olhos e finalmente perceber
Essa minha vida de desgostos, saudades e solidão
Chegou ao fim...E que eu tenho novamente você
Para preencher todo o vazio do meu coração

Nenhum comentário:

 
TOPO
©2007 Elke di Barros Por Templates e Acessorios