terça-feira, 7 de abril de 2015

À UMA GRANDE MULHER


Rhosy Ternurinha
A vida nem sempre consegue ser risonha
Mesmo quando você para isso se esforça
Porém nunca transforme de forma medonha
O que conseguirás, se sem receios te esforça
Teus dias menina poderão ser belos e contagiantes
Nunca deixe que a vida desdenhe do seu ideal
Pois com garra conseguirás vencer e verás adiante
Um mundo novo tão belo como uma aurora boreal
Nunca perca tempo olhando o que já ficou pra trás
Dai chance a um novo horizonte que se descortina
Esqueça a mulher sofrida, essas lembranças só desfaz
O que tens de melhor e mais bonito Oh! Linda menina
Abrace forte e com destemor o que a vida sugere
Chorar pelo que foi, nunca deverá ser uma opção
Ser feliz ainda é tempo, pois nada em ti interfere
No mais ousado projeto que deverá suster teu coração
Que se faça breve o que um dia tanto te machucou
Os amigos deverão te dar força e ser o grande elo
Entre essa mulher que não percebes, mas já morreu
Pois a vida te espera com o que tem de mais belo...

Nenhum comentário:

 
TOPO
©2007 Elke di Barros Por Templates e Acessorios