domingo, 19 de junho de 2011

Kellinha


Quanta simplicidade extravasa de ti
Fazendo um dueto perfeito com a tua beleza
As vezes me parece que guardas para si
Os muitos sentimentos de pura grandeza

Mas eu sei que talvez nem fosses tão bela
Se a humildade não fosse tua parceira
Olhando tua foto, mas me parece uma aquarela
Dessas que se guarda para a vida inteira

Mas quando a natureza lhe criou
Buscou para ti os maiores e belos sentimentos
E Deus em sua infinita bondade lhe homenageou
Fazendo de ti um grandioso instrumento

E nesse sorriso tão lindo que se espelha aqui
Traduz para mim uma perfeita sintonia
E eu queria que houvesse para o bem de ti
O mesmo grau para a tua sabedoria

Cuidemos pois em orar um pouco mais
Para que Deus complete tão belo quadro
Pois assim continuará esse sorriso de paz
Que enriquece essa beleza que até hoje guardo

Um comentário:

Kellen Ordonio disse...

Amei, amei, amei! Indescritivelmente lindoooo!!! Lança logo o outro livro mami!!!!!!!!!!!!!! lINDOO DEMAIS!

 
TOPO
©2007 Elke di Barros Por Templates e Acessorios