terça-feira, 30 de agosto de 2016

A UNS DEUS DEU VOZ...


CRÔNICA

Quantas vezes olhamos  a vida ao nosso redor e não conseguimos ver as maravilhas que Deus nos presenteia sempre... Eu mesma sou uma dessas pessoas que vê mais o que me entristece, e é o que mais tem ao nosso redor, principalmente em se tratando de animais.
Quantas vezes, tentando admirar as coisas lindas que a natureza nos dá, tenho aquela beleza ofuscada bruscamente pela visão de um cachorrinho ou gato que quando não estão parados com aquele olhar de cortar a alma, estão caminhando em busca de algo para comer, isso me entristece de tal maneira que as lágrimas me vem aos olhos e não as consigo conter.
Sou muito criticada por isso, mas cada um tem uma maneira de ser, não quero dizer com isso que não me afete  o sofrimento e as más situações das crianças de rua, dos adultos e dos idosos também, mas a estes Deus deu  voz para que pudessem se manifestar e pedir auxílio e olha que nem sempre os escutam.
Aos pobres animais lhes restam falar com o olhar, mas nem sempre são compreendidos.
Fiquei a pensar sobre isso, ao constatar que nada somos na realidade, apenas uma vela acesa que vive oscilando, enquanto não surge o vento derradeiro e que não adianta tentarmos protegê-la de um vento mais forte... Ou do vento final.
Muitas coisas tem passado em minha mente nessas últimas horas... Pois num momento julgamos ter uma vida toda pela frente, para logo descobrirmos que a vela que nos representa está mais próxima da última brisa, e que mesmo suavemente, haverá de fazer o seu devido papel...
Então eu penso... E um dia quando me for chegado esse momento, quantos bichinhos eu não mais poderei ajudar... Mas em contrapartida não mais verei o sofrimento de quem nada fez para merecer tanto desamor...



Nenhum comentário:

 
TOPO
©2007 Elke di Barros Por Templates e Acessorios