domingo, 22 de abril de 2012

ADEUS AMOR



Adeus amor... De ti estou a desistir
sofro muito, mas isso já não importa
Já que o teu amor não vou mais sentir
E nada mais encontro que me conforta


Quantas vezes pelas frias madrugadas
Irei sentir a tua ausência mais forte
Não verei  a beleza das noites enluaradas
Apenas ouvirei o som de tristeza e morte


Tentarei não sucumbir de tristeza e solidão
Já que não te afastarei dos meu pensamentos
Pela vida à fora trarei amargura no coração
Pois farei desse idílio meu maior tormento


Como esquecer essa tua voz rouca e sedutora?
Como não lembrar tuas mensagens de carinho?
Foste um instante de amor e paixão avassaladora
Que o destino permitiu que atravessasse meu caminho


Nunca mais poderei sentir as tuas carícias
Nem o calor do teu corpo no fogo dessa paixão
Não lerei mais tuas mensagens de malícias
Nem ouvirei tua voz inundando meu coração







Nenhum comentário:

 
TOPO
©2007 Elke di Barros Por Templates e Acessorios