segunda-feira, 28 de setembro de 2009

Sem Temor


De olhos fechados ouço o tempo
Que parece estar de volta,como outrora
Só que ele chega sem meus tormentos
Estes se perderam entre o passado e o agora

E sinto receios de meus olhos abrir
E não conseguir o meu tempo reter
Sinto então nos lábios um leve sorrir
É que o meu pensamento tudo faz deter

E mergulhos em minhas reminiscências
Aos poucos e com calma tudo vou sorvendo
E com muita tranquilidade e paciênca
Busco o que realmente estou querendo...

... Reviver cada um desses momentos
Que de alguma forma me fizeram crescer
Bem sei que errei em alguns julgamentos
Mas tudo só serve para podermos aprender

E hoje do tempo não sinto mais temor
Aversão por algumas coisas, isto sim
Aprendi que só mesmo por e com amor
Se vence a tudo e a todos enfim

Nenhum comentário:

 
TOPO
©2007 Elke di Barros Por Templates e Acessorios