domingo, 2 de agosto de 2009

Se Volto O Rosto


À Angélica Souza

Em que trecho da minha vida
Meus sonhos deixei escapar...
Eu já não sou mais tua querida
E já não te tenho mais para amar

E se volto o rosto ao passado
Percebo que me perco cada vez mais
E todos aqueles momentos de afagos
Sei que esquece-los não poderei jamais

Mas de repente os perdi,e mesmo assim
Nessa mágoa que o tempo ainda apagará
Eu sinto que mesmo tudo tendo um fim
Ainda é grande demais esse meu amor

E sofrerei por cada lembrança que vier
Por cada abraço que no tempo se perdeu
Mesmo sofrendo, ainda te quero se você quiser
Pois eu acredito que esse amor ainda não morreu

Também não quero só de lembranças viver
Meus sonhos ainda os quero retomar
E para tudo isso só preciso de você
Pois é só você que eu ainda quero amar

Nenhum comentário:

 
TOPO
©2007 Elke di Barros Por Templates e Acessorios