quinta-feira, 11 de junho de 2015

UM DIA DIFERENTE


Crônica:
Hoje pela manhã, estou em meu apartamento, quando minha menina chega e me chama pra ir até o shopping, amanhã dia dos namorados, fomos comprar as lembranças dos nossos esposos.
Andamos um pouco e entramos numa loja que estava em liquidação e claro não era o que procurávamos, mas paramos assim mesmo... Ela olha pra mim e diz vamos gastar um pouco? Entramos, compramos alguma coisas e depois saímos em busca dos nossos presentes... Um pouco mais de tempo e descobrimos ser hora do almoço, fomos fazer essa detestável obrigação (não gosto de almoçar).
Em seguida fomos até o banco, resolvemos o que faltava e de repente ela diz que o esposo pediu que ela fosse olhar alguns apartamentos, pois pretendem se mudar... É aí que começa a nossa aventura...
Depois de rodarmos de carro por algumas avenidas, eis que acontece um fato surpreendente... De repente o carro para, ela tenta ligar o carro e nada, depois de algum tempo, um moço se aproxima e empurra o carro, ao menos tiramos do meio da avenida. Ela liga pro esposo e informa o acontecido, ele pergunta onde estamos, ela não sabe informar, mas dia que dá pra ver ônibus passando na . avenida principal. Ele diz pra pegar um táxi e ir pro escritório. Onde estávamos não passava táxi. Fechamos o carro e fomos em direção à avenida. Depois de andarmos um pouco, decidimos voltar pro carro pois estávamos achando muito longe,. Assim que chegamos começou a chover e muito forte. Não dava pra ligar o ar condicionado, decidimos sair e caminhar, tentando encurtar caminho. Tínhamos apenas uma sombrinha, ela pede pra eu ir com Juan, o bebê dela eu digo que não (eu amo andar na chuva) ela saiu com o filhinho, no final nos perdemos, a chuva engrossou muito, o esposo dela mandou um carro nos procurar e ligou avisando (8 vezes) só que com o barulho da chuva não ouvimos. Ele se desesperou, por fim encontraram o carro, mas nós não estávamos...
Terminamos chegando ao escritório de carona, logo em seguida chega meu genro e mais dois homens, todos a nossa procura... Ao chegarmos ao escritório fui até uma loja comprar roupa, pois eu estava encharcada e não dava pra voltar pra casa daquele jeito. tivemos que voltar de táxi e o carro um mecânico levou pra oficina. A chuva passou e no resumo de tudo... Esquecemos dos presentes que saímos para comprar, agora? Só amanhã...
PS: Uma foto depois da chuva pra ficar na lembrança

Nenhum comentário:

 
TOPO
©2007 Elke di Barros Por Templates e Acessorios