segunda-feira, 4 de maio de 2009

Dolorosa Mágoa


Eu hoje amanheci me sentindo assim...
Como uma pétala levada pelo vento
Que se perde entre as folhagens do jardim
Esperando algo que não se perca no tempo

Eu hoje amanheci me sentindo assim
Meio perdida e meio sem razão
E sem entender nada, por fim
Deixei sangrar sem dó meu coração

A noite chegou e com ela,um por que langoroso
E descobrir a razão de tudo eu bem que quiz
Mas continuei com um sentimento rancoroso
Sentindo-me imensamente miserável e infeliz

E por mais que eu não queira enfim percebo
Essa grande mágoa que machuca e muito dói
E num sorriso um tanto contrafeito
Me sinto asfixiar por esse mal que só destrói

Nenhum comentário:

 
TOPO
©2007 Elke di Barros Por Templates e Acessorios