quarta-feira, 6 de maio de 2009

Apologia a Carol



À Querida Carol

A Carol é uma linda menina
E a ela eu quero muito bem
As vezes me lembra uma felina
Com astúcia e garras também

Adoro ouvi-la falar como criança
E nesse momento outros tempos relembro
Ela traz no olhar o brilho da esperança
E espalha o perfume da alegria aos ventos

E é nessa menina que as vezes me vejo
Nessa vivacidade inquietante e singular
E se cerro os olhos percebo num lampejo
Uma outra garota que também soube comandar

Ela tem das estrelas o brilho e a beleza
Que sempre irradia luz onde quer que passe
Por certo tanta graça e real singeleza
Dá a sua existência maior brilho e realce

É pena que o mundo repleto não esteja
De meninas como a minha querida Carol
Pois eu tenho comigo uma grande certeza
Que o nosso mundo, assim, seria bem melhor

Um comentário:

Carol disse...

Querida Gil, Eu simplemente AMEEEIIII.............. Até me convenci!!!! rsrsrsrssrs. VaLeU

 
TOPO
©2007 Elke di Barros Por Templates e Acessorios