domingo, 2 de maio de 2010

Simplesmente Você


Fechando meus olhos me vi embalada
Nas loucuras que juntos um dia vivemos
Senti que a minha alegria estava acabada
Ao descobrir o mundo que nós perdemos

Um mundo de momentos tão sonhadores
De infinitas paixões e muita ousadia
Um mundo onde o maior de todos amores
Era aquele que realçava a nossa alegria

E por muito tempo vivemos assim
Sentindo a paixão que nos consumia
Mas um dia tudo teve um triste fim
E mergulhei na mais profunda melancolia

E hoje, como ontem, fujo do meu amanhã
pois ele nunca trará o que busco viver
E no meu sonho maior eu vivi num afã
Querendo de volta simplesmente você

Como preciso de volta desses sonhos imortais
Para quando finalmente em seus braços me achar
Rodopiar como mariposa em estonteantes espirais
Para morrer de prazer na luz desse seu negro olhar

Nenhum comentário:

 
TOPO
©2007 Elke di Barros Por Templates e Acessorios