sexta-feira, 18 de outubro de 2013

QUANDO EU ERA CRIANÇA


Nos meus bons tempos de criança
Vivia de bem com a vida, a sorrir e brincar
Sempre a correr, nunca parava quieta
E nem todos conseguiam me alcançar
Hoje, olhando para trás eu penso
Que aquele meu mundo pequeno, mas imenso
Tinha de tudo... Menos regras ou bom senso
E até hoje, nesse mundo de cores me vejo a passear

Sempre fui uma menina muito travessa
Vivia a cair e quase sempre me machucava
De nada eu tinha medo... Só de mal assombro
Quando histórias de assombração o povo cantava
Meu Deus... Quantas vezes eu tremia
Só de pensar que as histórias que o povo conhecia
Nunca aconteciam à luz do dia
E apesar do medo, eu com tudo me encantava

Mas a minha infância sem dúvida foi perfeita
Pais zelosos e irmãos que se amavam com alegria
Sempre chamei a atenção pelo meu jeito de ser
Pois amava os animais e acima de tudo os protegia
E quando brigava na rua, lutava como criança valente
Bastava achar que alguém ou um animal, infelizmente
Estava sendo maltratado, eu os defendia bravamente
E vivia a sorrir, não gostava de tristeza... Eu era só alegria




Nenhum comentário:

 
TOPO
©2007 Elke di Barros Por Templates e Acessorios