segunda-feira, 6 de janeiro de 2014

SEMPRE PRONTA PRA VENCER


À minha irmã Georgete

Ah! esse teu inesquecível e encantador sorriso
Me lembra outros incomparáveis e doces tempos
Uma época que ficou como tudo fica... Perdido
Inexplicavelmente parece ter sido levado pelo vento


Vento da vida... Vento do destino... As vezes suaves
Porém em outras ocasiões se fazendo em vendavais
Mas sempre nos marcando, nessa ou em outras paragens
E nos fazendo entender que o tempo leva e não mais traz

Hoje, olhando este sorriso estampado em teu rosto
Vejo satisfeita que o tempo ou o vento nem tudo levou
Ainda  conservas a esperança nesse semblante quase maroto
Ar de quem aceita os desafios da vida pois por eles sempre lutou

Mulher forte... Corajosa e muito mais guerreira
Que não perde seu precioso tempo em se lamentar
Pois lamentação ficou para os fracos, és mulher altaneira
Sempre pronta para vencer... Nunca apenas para guerrear

Lulu,  esse teu jeito espontâneo e sempre feliz
Desafia o meu entendimento e os muitos porquês
Mas eu sei que é Deus que de alguma forma lhe diz
Estou aqui filha minha... E eu amo muito você...

E nessa fé e amor tão grandioso haverás de vencer
Pois a vitória é certa quando ao lado temos um guerreador
Tens ao teu lado um Deus que por ti batalha, isto bem se vê
E esta será com certeza a vitória da fé e do divino amor

As vezes se torna difícil falar de um alguém tão especial
Que durante toda a minha vida aprendi a amar e respeitar 
E que hoje me mostra de forma alegre e também triunfal
Que mais razões eu tenho para muito mais lhe admirar

Um comentário:

marlene disse...

Bom dia amiga Gil passei para ler este poema tão lindo para deixar um abraço de Ano Novo desejando tudo de bom grata por sua visita meu carinho para voce bjs marlene

 
TOPO
©2007 Elke di Barros Por Templates e Acessorios