terça-feira, 26 de julho de 2016

APENAS DESBOTOU




Deus tem preparado uma vida linda para cada um de nós, Ele projetou um mundo de cores e brilho em nossas vidas, mas cada um tem A livre escolha (O FAMOSO LIVRE ARBÍTRIO)no seu trilhar, nas suas convivências e é justamente aí onde nos perdemos... Criamos bifurcações que muitas vezes nos levam a caminhos nunca dantes desejados, embora por nós pensados e calculados, mas muitas vezes somos direcionados pela incerteza, por sonhos tresloucados ou pior por atitudes impensadas e até mesquinhas, sempre esquecendo que para cada hoje existe uma amanhã.
Por vezes somos guiados pelo egoismo, pela arrogância e prepotência, as vezes nem chegamos a tanto, mas mesmo assim, como consequência nos tornamos prisioneiros do despotismo de pessoas que se acham (como se fosse a coisa mais natural do mundo) donas de nossas vontades... De nossas vidas... De nossas verdades...
E não adianta insistir, não adianta argumentos nem ações mirabolantes para querer o que todos almejam e que na realidade é o que Deus construiu para cada um de nós, mas que com nossas más ações pomos tudo a perder de modo quase irreversível...
Mas existem aqueles  que também erraram, por falta de entendimento, excesso de esperanças e uma imensa parcela de imaturidade, eu diria (quase) irresponsabilidade. Esses tendem a pagar caro por suas ações insensatas. ou até mesmo quase infantis...
Por isso tantas vezes se estranha quando se tem conhecimento de alguém que tem tudo para ser feliz e se sente a pessoas mais infeliz do mundo... São pessoas assim que  pecaram e se perderam por excessivo controle do nada, ignorando essa grande e dolorosa verdade. Não adianta insistir, teimar em fazer esse alguém acreditar que nada existe para que não se sinta feliz, pois com certeza, seu maior sonho é ser feliz, mas esta pessoa sente que não conseguirá, pois  derramou tinta demais em sua estrada, deixando-a apenas borrada e não mais colorida como sempre desejou... E com o passar do tempo percebe até com certa amargura que a sua vida na verdade não perdeu a cor ... Apenas desbotou...

domingo, 24 de julho de 2016

SAUDADES DE UM TUDO


Eu devia estar me sentindo muito bem... Em paz
Já que a tarde está como eu adoro, simplesmente
Mas nem o som dessa chuva tão gostosa foi capaz
De suavizar minhas angústias e libertar minha mente

Sinto dores pelo corpo e estas eu não as compreendo
Não têm razão pra existir, talvez não seja o corpo que dói
Vai ver, é a mente cansada e aflita por tantos tormentos
Desde o dia que descobri que já não podias ser meu herói

Lembrar você hoje, confesso, não me fez nenhum bem
Mesmo que eu sinta sua falta como sempre a sentirei
Não importando que eu saiba que estás muito além
do que eu gostaria, mas assim é a vida... Que mais direi?

Saudades do meu tempo de menina nunca só ou carente
Saudades da minha adolescência sempre só e atrevida
Saudades de você meu pai, que me fazia sentir tão gente
Saudades de um tudo que sai perdendo pela minha vida

 
TOPO
©2007 Elke di Barros Por Templates e Acessorios